cha-verde-matcha-zika

Composto Encontrado no Matcha Inibe a Ação do Vírus da Zika

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3.856 votos, média: 4,00 de 5)

Loading...

Com propriedades que melhoram o humor, o bem-estar e aumentam a sensação de relaxamento, além de possuir cerca de 10 a 15 vezes mais nutrientes que os chás convencionais, o chá Matcha acaba de ganhar mais um bom motivo para ser consumido.

De acordo com estudos realizados por cientistas brasileiros, de São José do Rio Preto (SP) e do Mato Grosso (MT), um composto encontrado neste primo do chá verde seria capaz de bloquear a entrada do vírus Zika, transmitido pelo mesmo mosquito da dengue e chikungunya, o Aedes aegypti, em células cultivadas em laboratório.

 

Isso se deu, graças à substância epigalocatequina galato (EGCG), um polifenol conhecido por inibir a atividade de diversos vírus, como hepatite C, influenza e HIV. O objetivo da pesquisa era fazer os mesmos testes para o vírus da Zika e os resultados apontaram que ele realmente bloqueia a infecção, sem produzir efeitos tóxicos nas células.

Segundo a autora principal do estudo, Paula Rahal, professora de UNESP e membro da Rede Zika, uma força-tarefa criada por cientistas paulistas para combater a epidemiado vírus, os testes com a substância encontrada no Matcha duraram cerca de seis meses. Para isso, o composto natural, EGCG, foi isolado pelos cientistas e aplicado em uma linhagem de células amplamente usadas para testes in vitro, resultando na redução da infecção.

Seguindo essa linha de pesquisa, o próximo passo da pesquisa, segundo os cientistas, é testar a eficácia da substância EGCG em animais. A ideia é que esses novos testes comecem ainda neste ano, pois, quanto mais rápido a descoberta, maior a agilidade para lançar no mercado um possível medicamento para essa epidemia.

 

Entenda o Vírus Zika

cha-verde-matcha-inibe-zika

De acordo com o Ministério da Saúde, em seu portal sobre o combate à dengue, o Zika é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti, identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. Ele recebeu essa denominação por conta da floresta Zika, em Uganda, local onde foi identificado pela primeira vez.

O principal modo de transmissão do vírus é pela picada do Aedes aegypti e os principais sintomas que os infectados apresentam são dor de cabeça, febre baixa, dores leves nas articulações, manchas vermelhas na pele, coceira e vermelhidão nos olhos. Outros sintomas menos frequentes são inchaço no corpo, dor de garganta, tosse e vômitos.


Confira o Anúncio.


Na maioria das vezes os sintomas desaparecem depois de 3 a 7 dias, no entanto, a dor nas articulações pode persistir por aproximadamente um mês. Casos graves são raros, mas quando ocorrem podem levar ao óbito, como identificado no mês de novembro de 2015, pela primeira vez na história.

Para se proteger contra a doença, o Ministério da Saúde recomenda a utilização de telas em janelas e portas, o uso de roupas compridas, como calças e blusas, bem como a aplicação de repelente nas áreas do corpo que por ventura fiquem expostas e a prática de sexo seguro.

 

Como Aproveitar as Propriedades do Matcha?

Os benefícios do Matcha podem ser aproveitados em diversas receitas, como bolos, massas e pães, porém, a maneira mais popular continua sendo o chá, que você pode preparar com 1/2 colher do pó misturada em 50 ml de água fervida.Vendido em lojas de produtos naturais, o consumo recomendado do Matcha é de 15 a 20 gramas por dia.




Cadastre seu e-mail e receba as novidades do Blog!
Signup today and receive free updates straight in your inbox. We will never share or sell your email address.

Leia Também:

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *